21.5.13

Sketch no Processo Criativo do Scrap

O artigo de hoje é sobre o sketch, modelo versátil e muito utilizado como inspiração na produção do scrapbooking. O sketch nada mais é que um exercício descompromissado do desenho, ou seja, um desenho livre, um modelo, uma forma de estudo preliminar da composição antes do produto final, que pode ser uma página, um cartão, um mini-álbum, etc. Apesar do sketch ter origem nas artes, você não precisa ser um artista para fazê-lo!
É importante para essa prática ter um caderno ou bloco de anotações, assim você poderá desenhar em qualquer lugar, quando tiver vontade ou quando ver algo interessante. Os moleskines também são uma ótima opção para esta finalidade! Para iniciantes ou pessoas com dificuldades no desenho aconselha-se um caderno com folhas milimetradas (quadriculadas), para facilitar nas proporções do desenho. O material para o desenho pode ser aquele que você tem e se familiariza mais: caneta, lápis, pincel, nanquim, tinteiro, etc. Outro ponto importante é a organização desses sketches. Se você for salvar no seu computador ou guardá-los em casa, coloque-os em uma ordem que facilite a busca, podendo ser: pelo número de fotos, pelo estilo de layout, por autor, por data, etc.

Como usar ou fazer um sketch? 
Existem inúmeras maneiras e técnicas, conheça algumas:

I. Layout a partir de um Sketch
Fazer uma página a partir de um sketch pronto é uma das formas de inspiração mais utilizadas pelas scrappers de todo o mundo. Inclusive existem inúmeros sites que se especializaram neste seguimento e publicam sketches diariamente. Neste caso você escolhe o sketch que mais lhe agradar e cria uma página inspirada nele com o material que você tem disponível:


Esses dois sketches foram criados por Marcela Branco, que é muito criativa e didática em seus sketches. E a partir da ideia deles eu fiz estas duas páginas. Para usar um sketch você pode fazer variações de acordo com sua necessidade (rotacionar ou esticar o layout, mudar alguma coisa de lugar, diminuir ou aumentar o número de fotos e elementos, etc.), nesses casos eles foram girados e adaptados. Lembre-se que o sketch é apenas um modelo para inspiração, não prenda sua criação às limitações que ele apresenta, se precisar faça quantas alterações precisar!

II. Sketch a partir de Editoriais
Editoriais, revistas, jornais, livros, cartazes, outdoors, páginas da internet, obras de arte e design, entre outros, são excelentes fontes de inspiração. Confira como podem ser usados:


Esse editorial foi retirado do site do Jacques Farel, um grande especialista em editoriais! E eu usei o layout do editorial como sketch para a elaboração dessa página de scrapbooking, e o que mais chama a atenção nele são os formatos circulares das figuras e a sobreposição das mesmas. 

III. Sketch a partir de uma Página Digital
Com o surgimento do Scrap Digital e do Scrap Híbrido, inúmeras galerias digitais foram criadas na internet para a exposição desses trabalhos, e essas galerias são ótimas fontes! Procure nelas uma página digital que lhe chame atenção e utilize-a como sketch para a criação de uma nova página:


Essas páginas digitais eu encontrei na Galeria Standouts, a partir delas fiz duas novas páginas, agora utilizando o scrap tradicional, com pequenas alterações nas composições originais.

IV. Sketch a partir de uma Página pronta
Fazer um sketch a partir de uma página pronta é uma forma de aprender a harmonizar e compor layouts com seus elementos básicos, e é um ótimo exercício para quem está começando a fazer scrapbooking. Veja como fazê-lo:


Primeiramente escolha uma página que lhe agrade em termos de layout e composição. Pode ser uma página das galerias da internet, das revistas ou do seu próprio álbum. Geralmente a escolha leva em consideração a quantidade de fotos que você irá usar e os papéis e elementos que você tem em mãos, mas isso não é regra.


Olhando atentamente a página escolhida, tente fazer um esboço do layout. Não precisa usar régua nem medidas certas, o ideal é ter esses elementos proporcionais ao que você está vendo. Comece esboçando os elementos principais do layout: fotos, textos e título.


Finalize o sketch desenhando os elementos complementares: figuras, adesivos, botões, fitas etc. Lembre-se que esse é um desenho livre, não há necessidade de detalhar esses elementos, o importante é localizá-los no layout. Veja algumas variações rotacionando o sketch que criei:


Agora veja alguns layouts elaborados a partir desse sketch e suas variações:


Observe que na primeira página foi utilizado o layout do sketch original, entretanto ele sofreu algumas pequenas alterações, como a adição de alguns elementos e textos ao longo do layout. Já na segunda página o sketch foi rotacionado e também adaptado a necessidade do tema. 

V. Sketch a partir de uma Coleção de Papéis
Essa modalidade de sketch é bem recente e vem sendo praticada por muitas scrappers, além de ser uma ótima maneira para não desperdiça seu material! Funciona da seguinte forma: você compra uma coleção de papéis coordenados e cria um sketch a partir deles. Isso significa que você irá desenhar o sketch com as imagens e estampas que existe no seu material, estudando a melhor forma de usá-los antes de recortar e montar. Veja os exemplos abaixo:



A partir de 3 folhas da coleção “Vogue” da Upsy Daisy foram criados dois sketches e depois escolhido aquele em que o material e a fotografia escolhidos encaixaram-se melhor no contexto do layout.


Nesse caso foi utilizada a coleção “Under the Sea” do Scrapdiary. A partir desses materiais foram criados dois sketches de estudo e depois escolhido o que se adaptou melhor a fotografia. Existem inúmeras possibilidades, quantos mais sketches você fizer melhor será o resultado!

Agora são mãos à obra... Pratique bastante e sucesso com seus sketches!

20.5.13

Passo-a-passo Caderno de Receitas

Quer aprender a fazer um Caderno de Receitas personalizado?! Confira o passo-a-passo abaixo!!! Para montar o caderno eu usei os papéis e elementos do kiss "Favorite Things" do Scrapdiary e também comprei um caderno quadrado da Tilibra e um papelão cinza Hörller.

O papelão eu cortei alguns centímetros maior que o caderno, e a canaleta fiz na altura do espiral caderno:


Cole as 3 peças em um papel que será a canaleta do caderno:


Agora cole o restante dos papéis de forma que fique assim dos dois lados:



Faça o acabamento interno colando duas fitinhas para fechamento e um bolsinho para colocar papéis:


Cole duas tirinhas na contra-capa para fazer o porta-lápis e cole o caderno logo em seguida:


Come a decorar o caderno:


Cole alguns elementos com fita banana para dar altura e movimento às figurinhas:



Finalize a decoração e está pronto seu Caderno de Receitas!!!





19.5.13

Passo-a-passo Caderno de Viagem

Hoje estou trazendo o passo-a-passo de um Caderno de Viagem, feito com alguns papéis e elementos do kiss Away We Go do Scrapdiary
Vamos começar com a encadernação, que eu fiz com a máquina de encadernar Bind-it-All, mas se você não tiver pode levar em uma gráfica e pedir para colocarem o wire-o (este espiral duplo da imagem):



Além dos papéis com estampas de viagem do Scrapdiary utilizei papel kraft, fichas numeradas de papelaria, plásticos de porta-cartão, fichas pautadas e papelão cinza Hörller para o verso:


A contra-capa (última página) eu fiz com o papelão cinza Hörller. Encadernei ele com tecido de algodão de poá amarelo. Espalhei uniformemente a cola Cascorez no papelão antes de colar o tecido:


Com o "fio-de-cabelo" (esta pecinha de madeira) fiz o gabarito para recortar o tecido e fazer os acabamentos dos quatro lados:


Depois passei cola nas abas e colei para dentro do papelão:


Para fazer o "porta-lápis" na lateral direita da contra-capa colei 2 tirinhas de papel colorido, usando como molde um lápis:


Depois de colar as tirinhas colei um papel kraft para fazer o acabamento final da contra-capa:


Agora vamos fazer a capa no papel kraft (240g/m²)! Comece colando um pedaço de folha estampada amarela no kraft da base:


Agora decore a capa seguindo as imagens abaixo:



Finalize colando alguns botões e está prontinho seu Caderno de Viagem!!! Você poderá carregá-lo durante o passeio, anotar e recordar tudo de legal que aconteceu na sua viagem:



18.5.13

Passo-a-passo de um Save the Date

Lembram do Menu de Casamento que fizemos no último post?! Hoje nós vamos montar um Save the Date combinando com aquele Menu! Mas afinal, o que é um Save the Date?!
De acordo com o site Data Especial o Save the Date, originalmente, é um aviso que se envia aos futuros convidados de qualquer evento (casamento, batizado, 15 anos etc.) para que eles já reservem a data em suas agendas. Como os convites formais costumam ser enviados com uma antecedência menor, o Save the Date permite que os convidados possam planejar melhor. 
Atualmente, além desta função, o Save the Date é uma maneira criativa e divertida de começar a envolver as pessoas com o evento que se quer divulgar. Ele pode ser enviado virtualmente ou ser impresso e enviado pelo correio. 
Abaixo vocês encontram um passo-a-passo de Save the Date impresso, que será enviado aos padrinhos do casamento de uma amiga, com uma mensagem convidando-os para esta função tão especial. Confiram:


Para fazer o recorte dos passarinhos eu usei a Silhouette Cameo! Além desta máquina poderosa que eu adoro, vocês irão precisar de:
  • Imprimir em uma folha A4 bege o texto do Save the Date (a folha tem que ter gramatura acima de 180g/m² para ficar firme, neste caso usei uma folha com textura de 220g/m²);
  • Decotape (fita adesiva) estampada (usei uma preta e branca da Toke e Crie);
  • Imprimir o texto da capa em uma faixa de papel branco (180g/m²);
  • 3 strass.


Vamos começar?! Faça o recorte do casal de passarinhos com a Silhouette Cameo, sincronizada com o texto da capa que você já imprimiu na folha branca.




Agora cole a faixa impressa e recortada na Silhouette na capa do Save the Date, e finalize colando um pedaço da decotape estampada e os 3 strass na capa.


E está pronto seu Save the Date!


17.5.13

Passo-a-passo Menu de Casamento

Já pensou em fazer Menus de Casamento usando a Silhouette Cameo?! Eu montei este modelo para uma amiga e ela amou! Veja como fazer:


Além da Silhouette Cameo você vai precisar de:
  • Imprimir em uma folha A4 bege as duas colunas do Menu do Casamento (a folha tem que ter gramatura acima de 180g/m² para ficar firme, neste caso usei uma folha com textura de 220g/m²);
  • Decotape (fita adesiva) estampada (usei uma preta e branca da Toke e Crie);
  • Imprimir o texto da capa em uma faixa de papel branco ( 180g/m²);
  • 3 strass.


Vamos começar?! Faça o recorte do casal de passarinhos com a Silhouette Cameo, sincronizada com o texto da capa que você já imprimiu na folha branca.




Cole a faixa impressa e recortada na Silhouette na capa do Menu.


Agora finalize colando um pedaço da decotape estampada e os 3 strass na capa.


E está pronto o Menu de Casamento, um charme não é?!