21.5.13

Sketch no Processo Criativo do Scrap

O artigo de hoje é sobre o sketch, modelo versátil e muito utilizado como inspiração na produção do scrapbooking. O sketch nada mais é que um exercício descompromissado do desenho, ou seja, um desenho livre, um modelo, uma forma de estudo preliminar da composição antes do produto final, que pode ser uma página, um cartão, um mini-álbum, etc. Apesar do sketch ter origem nas artes, você não precisa ser um artista para fazê-lo!
É importante para essa prática ter um caderno ou bloco de anotações, assim você poderá desenhar em qualquer lugar, quando tiver vontade ou quando ver algo interessante. Os moleskines também são uma ótima opção para esta finalidade! Para iniciantes ou pessoas com dificuldades no desenho aconselha-se um caderno com folhas milimetradas (quadriculadas), para facilitar nas proporções do desenho. O material para o desenho pode ser aquele que você tem e se familiariza mais: caneta, lápis, pincel, nanquim, tinteiro, etc. Outro ponto importante é a organização desses sketches. Se você for salvar no seu computador ou guardá-los em casa, coloque-os em uma ordem que facilite a busca, podendo ser: pelo número de fotos, pelo estilo de layout, por autor, por data, etc.

Como usar ou fazer um sketch? 
Existem inúmeras maneiras e técnicas, conheça algumas:

I. Layout a partir de um Sketch
Fazer uma página a partir de um sketch pronto é uma das formas de inspiração mais utilizadas pelas scrappers de todo o mundo. Inclusive existem inúmeros sites que se especializaram neste seguimento e publicam sketches diariamente. Neste caso você escolhe o sketch que mais lhe agradar e cria uma página inspirada nele com o material que você tem disponível:


Esses dois sketches foram criados por Marcela Branco, que é muito criativa e didática em seus sketches. E a partir da ideia deles eu fiz estas duas páginas. Para usar um sketch você pode fazer variações de acordo com sua necessidade (rotacionar ou esticar o layout, mudar alguma coisa de lugar, diminuir ou aumentar o número de fotos e elementos, etc.), nesses casos eles foram girados e adaptados. Lembre-se que o sketch é apenas um modelo para inspiração, não prenda sua criação às limitações que ele apresenta, se precisar faça quantas alterações precisar!

II. Sketch a partir de Editoriais
Editoriais, revistas, jornais, livros, cartazes, outdoors, páginas da internet, obras de arte e design, entre outros, são excelentes fontes de inspiração. Confira como podem ser usados:


Esse editorial foi retirado do site do Jacques Farel, um grande especialista em editoriais! E eu usei o layout do editorial como sketch para a elaboração dessa página de scrapbooking, e o que mais chama a atenção nele são os formatos circulares das figuras e a sobreposição das mesmas. 

III. Sketch a partir de uma Página Digital
Com o surgimento do Scrap Digital e do Scrap Híbrido, inúmeras galerias digitais foram criadas na internet para a exposição desses trabalhos, e essas galerias são ótimas fontes! Procure nelas uma página digital que lhe chame atenção e utilize-a como sketch para a criação de uma nova página:


Essas páginas digitais eu encontrei na Galeria Standouts, a partir delas fiz duas novas páginas, agora utilizando o scrap tradicional, com pequenas alterações nas composições originais.

IV. Sketch a partir de uma Página pronta
Fazer um sketch a partir de uma página pronta é uma forma de aprender a harmonizar e compor layouts com seus elementos básicos, e é um ótimo exercício para quem está começando a fazer scrapbooking. Veja como fazê-lo:


Primeiramente escolha uma página que lhe agrade em termos de layout e composição. Pode ser uma página das galerias da internet, das revistas ou do seu próprio álbum. Geralmente a escolha leva em consideração a quantidade de fotos que você irá usar e os papéis e elementos que você tem em mãos, mas isso não é regra.


Olhando atentamente a página escolhida, tente fazer um esboço do layout. Não precisa usar régua nem medidas certas, o ideal é ter esses elementos proporcionais ao que você está vendo. Comece esboçando os elementos principais do layout: fotos, textos e título.


Finalize o sketch desenhando os elementos complementares: figuras, adesivos, botões, fitas etc. Lembre-se que esse é um desenho livre, não há necessidade de detalhar esses elementos, o importante é localizá-los no layout. Veja algumas variações rotacionando o sketch que criei:


Agora veja alguns layouts elaborados a partir desse sketch e suas variações:


Observe que na primeira página foi utilizado o layout do sketch original, entretanto ele sofreu algumas pequenas alterações, como a adição de alguns elementos e textos ao longo do layout. Já na segunda página o sketch foi rotacionado e também adaptado a necessidade do tema. 

V. Sketch a partir de uma Coleção de Papéis
Essa modalidade de sketch é bem recente e vem sendo praticada por muitas scrappers, além de ser uma ótima maneira para não desperdiça seu material! Funciona da seguinte forma: você compra uma coleção de papéis coordenados e cria um sketch a partir deles. Isso significa que você irá desenhar o sketch com as imagens e estampas que existe no seu material, estudando a melhor forma de usá-los antes de recortar e montar. Veja os exemplos abaixo:



A partir de 3 folhas da coleção “Vogue” da Upsy Daisy foram criados dois sketches e depois escolhido aquele em que o material e a fotografia escolhidos encaixaram-se melhor no contexto do layout.


Nesse caso foi utilizada a coleção “Under the Sea” do Scrapdiary. A partir desses materiais foram criados dois sketches de estudo e depois escolhido o que se adaptou melhor a fotografia. Existem inúmeras possibilidades, quantos mais sketches você fizer melhor será o resultado!

Agora são mãos à obra... Pratique bastante e sucesso com seus sketches!

3 comentários:

  1. Oi Nayda!!! Obrigada ,é muito bom vc compartilhar dicas tão legais. Bjim!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. amei as explicações! de vez em quando eu tenho algumas dúvidas a respeito dos sketches e o seu post foi ótimo pra responder algumas delas! beijooo

    ResponderExcluir
  3. Que post legal! Pra mim que tenho dificuldades enormes na hora de montar uma página, o sketch é sempre uma saída... Obrigada querida!
    Bj

    ResponderExcluir